Monthly Archives: April 2013

“Linhas de Wellington”, de Valeria Sarmiento

capa valeria sarmiento linhas de wellington

Como é sabido, “Linhas de Wellington” começou por ser um projeto, produzido por Paulo Branco, para o cineasta chileno Raúl Ruiz. O falecimento de Ruiz, em 2011, quando já tinha começado a pré-produção, fez com que fosse a sua viúva, Valeria Sarmiento, a assumir a realização. Tal genealogia terá contribuído, mesmo junto dos mais entusiastas, para considerar o filme uma Continue reading

Advertisements

Passatempo “Amor”, de Michael Haneke

capa michael haneke amor

O Doodles tem para oferecer, com a amável colaboração da distribuidora Leopardo Filmes, três exemplares do dvd do filme “Amor”, de Michael Haneke, à venda desde há poucos dias. Para receber um destes prémios, basta que Continue reading

“Sobre a dificuldade e outros ensaios”, de George Steiner

capa george steiner sobre a dificuldade e outros ensaios

O nono volume do conjunto da obra do ensaísta, crítico literário, filósofo, professor e escritor George Steiner (nascido a 1929), que a Gradiva recentemente editou, intitula-se “Sobre a dificuldade e outros ensaios”. Publicado originalmente em 1978, aqui se compilam oito ensaios, apelidados pelo autor, logo no prefácio, como “working papers” ou “position papers”, textos escritos com regularidade entre 1972 e 1978. Obcecado, doente de Continue reading

“Não”, de Pablo Larraín

pablo larrain nao

No centro dos filmes de Pablo Larraín encontramos alguns frágeis anti-heróis: em “Tony Manero”, um homem que tem uma fixação na personagem de John Travolta em “Febre de sábado à noite”; em “Post mortem”, um empregado da morgue de Santiago do Chile; e, agora, em “Não”, um empregado de uma agência publicitária. Para todos eles, a história da ditadura de Pinochet não é um Continue reading

“Amor”, de Michael Haneke

capa michael haneke amor

A certa altura, no “making of” que integra a edição em dvd de “Amor”, vemos Michael Haneke interromper o registo de um plano para corrigir a posição de uma janela entreaberta… De tão simples e determinado, o gesto não pode deixar de revelar o rigor de toda uma mise en scène.  Por isso mesmo, o impacto do filme não pode ser reduzido à gravidade do Continue reading

“O futuro”, de Miranda July

capa miranda july o futuro

Em fevereiro de 2011, no Festival de Berlim, onde “O futuro” estava em competição, tive oportunidade de participar num encontro de Miranda July com alguns jornalistas. No final da conversa, pedi-lhe que citasse um filme visto recentemente e que, de alguma maneira, a tivesse impressionado. Depois de uma ligeira hesitação, respondeu-me: Continue reading

“Surinam! – Boogie & disco funk from the surinamese dance floors, 76’ – 83’”

capa surinam

Apresenta-se como um gorduroso decalque, mas compreende-se mais enquanto uma cintilante ilustração do conceito de alteridade, a ação destes emissários do hedonismo com tantas e tão improváveis procedências. Lembrando que, por exemplo, no campo específico do modernismo musical pós-independentista em solo africano, a entronização de Fela Kuti nos mercados ocidentais de noventas serviu de pretexto para Continue reading