“Linhas de Wellington”, de Valeria Sarmiento

Um drama histórico e um grande projeto cinematográfico. Pensado por Raúl Ruiz (na sequência do seu preponderante “Mistérios de Lisboa”), “Linhas de Wellington” foi retomado no ano passado por Valeria Sarmiento, sua mulher, igualmente realizadora, após o falecimento do cineasta chileno. Com produção de Paulo Branco, argumento de Carlos Saboga (que assinou também o guião dessa obra definitiva de Ruiz) e com um ilustríssimo elenco transnacional – John Malkovich, Catherine Deneuve, Isabelle Huppert, Chiara Mastroianni, Michel Piccoli, Mathieu Amalric, Nuno Lopes, Albano Jerónimo, Diogo Dória, entre uma série de outros eminentes nomes –, este filme evoca a célebre vitória anglo-portuguesa sobre as tropas napoleónicas do general Masséna, pela mão do brilhante estratega duque de Wellington e das fortificações que mandou erigir a partir de Torres Vedras. Num cenário devastado pela guerra, populares e soldados cruzam-se, desencontram-se, procuram sobreviver à indigência provocada pelas sucessivas Invasões Francesas, e, num êxodo em massa, rumam a Lisboa, onde é esperado o definitivo triunfo sobre os jacobinos. Um acontecimento ímpar na boa memória do cinema português.

4 outubro [estreia nacional]
filme “Linhas de Wellington”, de Valeria Sarmiento, com John Malkovich, Michel Piccoli, Mathieu Amalric, Nuno Lopes, Catherine Deneuve,…
Leopardo Filmes, 2012

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s