“Blue Jasmine”, de Woody Allen

woody allen blue jasmine

De facto, ela não se chama Jasmine. Mudou de Jeanette para Jasmine, procurando garantir alguma vibração romanesca à sua pose social… Mais do que isso: a heroína do novo filme de Woody Allen poderia ostentar o apelido DuBois, de tal modo ele assumidamente a inventa a partir da Blanche DuBois que Tennessee Williams cristalizou, há mais de meio século, em “Um elétrico chamado Desejo”. Enfim, as atribulações dos nomes são sempre tragédias da identidade. E não se fala de outra coisa neste filme que devolve o seu realizador aos cenários americanos (Nova Iorque e São Francisco), fazendo-o reencontrar uma verdade dos lugares e das personagens que, por mais carinho que tenhamos pelo seu trabalho europeu, lhe faltou em vários momentos do seu “exílio” pelo velho continente. “Blue Jasmine” é, assim, um Woody Allen vintage, doando à sublime Cate Blanchett uma personagem de admirável complexidade emocional, habitada por ilusões demasiado cruéis e, por fim, movida através da perversa combustão de vodka e Xanax. Mas é também uma narrativa de sofisticada arquitetura que confirma o seu cineasta (sempre argumentista, convém não esquecer) como um cronista atento, amargo e doce, do tempo que passa. Com o passar dos anos, não tenho dúvidas, quem quiser estudar a falência das relações humanas inerente à nossa crise económico-financeira, terá de passar pelo poder revelador de Jasmine, quer dizer, pela perdição de Jeanette.

João Lopes

12 setembro [estreia nacional]
filme “Blue Jasmine” [“Blue Jasmine”], de Woody Allen, com Cate Blanchett, Alec Baldwin, Sally Hawkins,…
Pris, 2013

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s