“O ódio”, de Mathieu Kassovitz

capa mathieu kassovitz o odio

Estranhamente, a redescoberta de “O ódio” (1995) em dvd não pode deixar de envolver um sentimento de desencanto; primeiro, porque nele se revelava um realizador, Matthieu Kassovitz (também ator), cuja obra posterior nem sempre esteve à altura de tão fulgurante começo; depois, porque o seu retrato dos gangs dos subúrbios de Paris possui uma energia dramática e uma complexidade humana que, no cinema francês, quase não teve descendência. Rodado a preto e branco, o filme de Kassovitz vive de uma exigência muito básica: a do retorno a um realismo puro e duro que não se compadece com clichés sociológicos ou geracionais. Além do mais, a concentração da ação num único dia produz uma inquietante sensação de urgência e inevitabilidade – o cinema pode ser também esta arte de desafiar a perceção do tempo, das suas durações, silêncios e angústias.

dvd “O ódio” [“La haine”], de Mathieu Kassovitz, com Vincent Cassel, Hubert Koundé,…
Alambique, 1995 / 2012

João Lopes

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s