Daily Archives: May 3, 2012

“Era uma vez na Anatólia”, de Nuri Bilge Ceylan

O título do último filme do cineasta turco Nuri Bilge Ceylan poderia inicialmente remeter-nos para o clássico de Sergio Leone, “Era uma vez no Oeste”. Mas do western spaghetti do italiano, “Era uma vez na Anatólia” parece apenas aproximar-se através das paisagens áridas da Turquia rural que Ceylan filma e, num plano de primeira ordem (e com notável sensibilidade estética), explora. Um grupo de polícias, um médico legista, um procurador jurídico, um par de coveiros e dois alegados homicidas procuram um cadáver, a vítima de um brutal crime. O suspeito principal, que sabemos pela narrativa já em curso ter confessado o delito, não se recorda do local onde terá enterrado o corpo, pelo que os homens percorrem as estepes da Anatólia até encontrarem e exumarem o morto. A busca e a viagem pela Turquia asiática é paralela a um confronto com a vida e a experiência limite da morte (a desse corpo desenterrado e a da sua fria autópsia, que Ceylan filma ora com ironia, ora com lugubridade). Com o corpo exumado, o realizador examina os planos de Continue reading

Advertisements