Tag Archives: Asghar Farhadi

“O passado”, de Asghar Farhadi

capa asghar farhadi o passado

Entre duas nacionalidades radicalmente distintas e um triângulo amoroso trespassado pelo caos das emoções, “O passado” retrata o desmoronamento de um relacionamento conjugal e a busca pela pertença a um lugar, a uma estória. Ahman (Ali Mosaffa) regressa a Paris vindo do seu país nativo, o Irão, para concluir o processo de divórcio com Marie (Bérénice Bejo), francesa, depois de quatro anos de ausência. Encontra um cenário de divisão e Continue reading

Advertisements

“O passado”, de Asghar Farhadi

asghar farhadi le passe

E se o lugar a que pertencemos fosse uma pura construção mental? A hipótese envolve, por certo, uma sedução infantil, mas também uma promessa de pânico. O iraniano Asghar Farhadi é um retratista de tal hipótese, dos desejos e pensamentos que a sua formulação pode envolver. Em “Uma separação” (2011), deparávamos com o desgaste cruel do mapa conjugal. Agora, o tema persiste, de novo através de um caso de divórcio, mas com um Continue reading

Passatempo “Uma separação”, de Asghar Farhadi

O Doodles tem para oferecer, com a amável colaboração da distribuidora Alambique, três exemplares do dvd do filme “Uma separação”, de Asghar Farhadi, à venda desde há poucos dias. Para receber um destes prémios, basta que Continue reading

“Uma separação”, de Asghar Farhadi

“Uma separação”, o quinto filme do iraniano Asghar Farhadi – que recebeu o Óscar de Melhor Filme de Língua Estrangeira, o Globo de Ouro na mesma categoria e o Urso de Ouro no Festival de Berlim do ano passado, e que hoje chega ao mercado português do dvd -, granjeou o respeito da comunidade internacional e do governo iraniano pelo trabalho do realizador. Um filme que é mais uma marcante confirmação do vital nicho do cinema contemporâneo que se vai permitindo em terras persas, sendo o nome de Farhadi digno de ser associado aos de Abbas Kiarostami ou Jafar Panahi. “Uma separação” é um melodrama que, a um primeiro olhar, retrata isso mesmo: uma separação, uma separação de um casal. Numa entrevista ao realizador, que acompanha, em extra, a edição em dvd, Farhadi refere que procurou, no princípio do filme, pôr em cena o próprio filme – essa separação -, o que não pressupõe, contudo, que esta seja uma narrativa já previamente dada ou fechada. Bem pelo contrário. Se é claro, desde a cena inicial, o tema central do filme, tudo o que realmente daí advém nem sempre o é. Simin (Leila Hatami) é uma mulher da classe média iraniana, professora, que quer Continue reading

“Uma separação”, de Asghar Farhadi

Em pleno período de blockbusters de respostas já mastigadas na ponta da língua, o ano de estreias cinematográficas que realmente importam não ficaria completo sem este ovni que, da primeira à última cena, tantas perguntas lança, por mais complexas e incómodas que sejam. Tendo arrecadado os galardões para melhor ator, melhor atriz e melhor filme (o Urso de Ouro) na edição deste ano da Berlinale, o importante festival de cinema de Berlim, esta é uma parábola que, à superfície, aborda as consequências nefastas do divórcio de um casal com uma filha menor no Irão dos nossos dias. No seu âmago, contudo, fala de diversos outros níveis de diversas outras separações: sociais, políticas, religiosas, ideológicas, etc… Real e cru como pouco cinema contemporâneo sabe ser, o angustiante drama conjugal de “Uma separação” mostra-nos um potencialmente infinito rol de incidentes e manipulações, mais ou menos convenientes, mais ou menos conscientes, espécie de teoria do caos aplicado a um cenário relativamente reduzido, centrado no calamitoso encontro entre duas famílias. Uma preciosidade, mais uma, para a recente cinematografia iraniana – e mundial.  Continue reading