Daily Archives: August 16, 2012

“O futuro”, de Miranda July

A multifacetada artista norteamericana Miranda July já havia apresentado, em 2005, uma singularíssima primeira longa metragem – “Eu, tu e todos os que conhecemos” traçava uma marca autoral com claras apostas num diálogo entre o cinema independente e expressões estéticas afetas, como a performance ou o video, e antevia uma linguagem particular, versada na ingenuidade, na candura e numa visão que ora pendia para o idílio, ora para uma total perdição do mundo. “O futuro”, estreado no ano passado no Festival Sundance, confirma que July cria, também cinematograficamente, um universo próprio de interrogação. Assumindo a Continue reading

Advertisements