Julia Holter, disco e concertos em Guimarães e em Lisboa

Foi com uma tragédia do classicismo helénico que a californiana Julia Shammas Holter se revelou no passado ano com o seu primeiro longa duração. “Tragedy” (2011), inspirado em “Hipólito”, de Eurípides, assumia uma misteriosa e idiossincrática intangibilidade, que agora se firma no iluminado  “Ekstasis” (2012). Admitindo o compromisso estético para com um universo próprio, particularmente intuitivo, a compositora e multi instrumentista ocupa o vazio com reminiscências da antiguidade, reverberações etéreas e orquestrações que faz alternar entre o ornamento e o despojado. Entre a sonoridade experimental, a pop avant garde e o lo-fi (Holter produziu ambos os discos no seu quarto), “Ekstasis” é também exemplar peça de instrumentação minimal e composição contemporânea. Os teclados elétricos, os sintetizadores, as caixas de música e as vocalizações de Holter eivam a atmosfera de camadas oníricas e ambiências que se alcançam no firmamento. Espiritual, entre a abstração e a ideação, o lirismo que aqui se convoca propõe-se a suspender a temporalidade e a alojar-se num espaço labiríntico, imaginário e surrealista, gerado singularmente em “Marienbad” (por referência a “O último ano em Marienbad”, de Alain Resnais), “Goddess eyes” (para duas versões do mais memorável tema do primeiro álbum), “Our sorrows”, “In the same room”, “Moni mon amie” e “This is ekstasis”. Quando a última das peças deste disco parece anunciar novas explorações sonoras – com uma sugestão algo encantada com o free jazz -, e num momento em que Julia Holter prepara o sucessor de “Ekstasis”, Portugal recebe pela primeira vez a artista de Los Angeles para duas noites de memórias ancestrais a propagar para o eterno: hoje, no Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães, e, amanhã, no cenário idílico da Igreja St. George, junto ao Jardim da Estrela, em Lisboa.

26 + 27 junho
concertos de Julia Holter
Centro Cultural Vila Flor, Guimarães [dia 26, 10 pm]
Igreja St. George, Lisboa [dia 27, 10.30 pm]

disco “Ekstasis”, de Julia Holter
Raving Intl / import. Flur, 2012

 

site de Julia Holter

facebook de Julia Holter

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s