Thee Satisfaction, disco e concerto em Lisboa

As Thee Satisfaction são Catherine Harris-White e Stasia Irons, uma cantora e uma mc originárias de Seattle, onde a cena musical tendencialmente dominada pelo rock parece saber integrar de forma cada vez mais consciente e saudável o efervescente hip hop local. Agraciadas com a benção dos Shabazz Palaces (de Ishmael Butler, mais conhecido como “Butterfly”, o líder dos saudosos Digable Planets), que no ano passado deram ao mundo “Black up”, uma magistral reinvenção dos limites e das plasticidades do hip hop, as Thee Satisfaction acabam de publicar o seu primeiro longa duração, “Awe naturale”. Com o selo da conceituada Sub Pop (que editou igualmente os históricos álbuns inaugurais das discografias de gente como os Mudhoney, Nirvana, Flight Of The Conchords, No Age, Fleet Foxes ou Shabazz Palaces, por exemplo), este disco é, para além de um perfeito reflexo das suas principais referências (a ativista Elaine Brown, o genial rapper Q-Tip e a estrela do spoken word Ursula Rucker), um arrojado e desafiante cruzamento de linguagens matriciais da história da cultura afro-americana. As Thee Satisfaction percorrem as suas memórias musicais para lhes darem roupagens da neo soul e do r&b, à maneira de uma Erykah Badu (é quase impossível não nos lembrarmos da diva em temas como “Earthseed”, “Existinct” ou “Crash”), enxertadas com o funk, a eletrónica e sobretudo o hip hop mais avant-garde (veja-se “Queens”, a convidar para a pista de dança, ou “Naturale”, a faixa com que culminam estes 30 fluídos e circulares minutos, tão completos e ricos que parecem virtualmente infinitos…). Tudo isto esclarecido com palavras que traduzem uma crítica sociopolítica, um feminismo assumido e as clássicas desilusões amorosas. O equilíbrio entre a seriedade e a ironia das letras, e a luminosidade e psicadelismo dos géneros laborados na sua música fazem das Thee Satisfaction um dos nomes a que 2012 ficará orgulhosamente associado, tanto pela brilhante pérola que é esta estreia em disco, como pelo obrigatório concerto com que iluminarão hoje o “aquário” da Galeria Zé dos Bois, Lisboa. A música urbana de criatividade ilimitada e virada para o futuro está a passar por aqui. É quase um escândalo evitar acompanhá-la…

17 abril, 10 pm
concerto Thee Satisfaction
Galeria Zé dos Bois, Lisboa

disco “Awe naturale”, de Thee Satisfaction
Sub Pop / Popstock, 2012

 

site das Thee Satisfaction

bandcamp das Thee Satisfaction

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s