Hugo Canoilas no Centro Cultural Vila Flor, Guimarães

Aberta ao público desde ontem, esta exposição agrupa trabalhos recentes de Hugo Canoilas a par com algumas obras pensadas propositadamente para a ocasião. Sem se restringir a tendências, escolas ou linguagens de sentido único, e fazendo a apologia de um vibrante desrespeito por métodos, técnicas, suportes ou quaisquer outras convenções formais, a produção visual de Canoilas é particularmente louvável pelo modo como constantemente se auto-questiona e pelo seu peculiar sentido de “obra em aberto”. Material de construção civil convive com peças que se podem inscrever em cânones mais ou menos correntes das artes plásticas, com destaque para “Endless killing”, monumental pintura com 3,70 metros de altura e 100 metros de comprimento. Uma mostra com um significado simbólico que se constrói eminentemente na sensibilidade de cada visitante que percorra os três pisos do Palácio Vila Flor que a acolhe.

 

até 18 fevereiro
exposição “Provisoriamente definitivos ou definitivamente provisórios”, de Hugo Canoilas
Centro Cultural Vila Flor, Guimarães

horário:
2ª e sábado, das 9 am à 1 pm + das 2.30 pm às 7 pm;
terça a 6ª, das 9 am às 8 pm;
encerra aos domingos.

 

Centro Cultural Vila Flor

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s