“Selvagens”, de Oliver Stone

O regresso de Oliver Stone ao grande ecrã, com a estreia de “Selvagens”, pauta-se por um registo vincadamente pragmático, cru, e não por isso menos moderado na forma como gere os desígnios da ruína psicológica. Ben (Aaron Johnson) e Chon (Taylor Kitsch) exploram uma das melhores e mais ambicionadas plantações de marijuana do mundo, na Califórnia. Após recusarem uma proposta de negócio com um grande cartel de droga mexicano, Stone põe em cena uma sequência de vinganças e ajustes de contas, perpetradas em função dos bens mais preciosos dos protagonistas  a “flor de lótus” Ophelia (Blake Lively), a droga, o dinheiro… “Olho por olho, dente por dente”, levado à letra com a maior das brutalidades, inscreve-se nas personagens do cineasta – selvagens, bravias, primitivas ou simplesmente em estado natural – como única máxima possível de sobrevivência. Com “Assassinos natos”, de 1994, a ressurgir na memória, a nova longa metragem de Oliver Stone sublinha o grau de risco e crueldade do homem vs. homem, e prima pelas notáveis interpretações de John Travolta, Benicio del Toro e Salma Hayek.

6 setembro [estreia nacional]
filme “Selvagens” [“Savages”], de Oliver Stone, com Benicio del Toro, John Travolta, Salma Hayek,…
Zon, 2011 / 2012

 

texto no Sound + Vision [ 1 ]   texto no Sound + Vision [ 2 ]

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s