“Silverado”, de Lawrence Kasdan

capa lawrence kasdan silverado

No tradicional “making of” incluído nos extras da edição em dvd de “Silverado” (1985), Lawrence Kasdan fala de uma antiga vontade de fazer um western, evocando as memórias nostálgicas da sua juventude. Ao mesmo tempo, reconhece a lógica ambígua de tal projeto: afinal, em plena década de 80 (dez anos depois de “Tubarão”, de Steven Spielberg, ter iniciado a idade dos blockbusters), o género deixara de ser um produto regular dos estúdios de Hollywood. Não admira, por isso, que, entre todos os westerns revivalistas que se fizeram nos Estados Unidos, “Silverado” seja, talvez, o que mais se aproxima das sagas do italiano Sergio Leone (“Aconteceu no Oeste”, etc.). Estamos, assim, perante um novelo de histórias — cada personagem funciona também como veículo para a história seguinte — que refaz as glórias do velho Oeste, já não enquanto epopeia ou parábola política, antes como parada teatral em que o detalhe realista não exclui as mais insólitas derivações paródicas. Dois anos antes, Kasdan tinha feito o emblemático “The big chill”, entre nós consagrado com um título que adquiriu o estatuto de rótulo geracional: “Os amigos de Alex”. Num certo sentido, “Silverado” condensa a memória do western tal como cristalizou no imaginário dos “amigos de Alex” — o seu ponto de fuga é a utopia de um cinema puro, habitado pela mais cândida alegria narrativa.

João Lopes

dvd “Silverado” [“Silverado”], de Lawrence Kasdan, com Kevin Kline, Scott Glenn, Kevin Costner, Danny Glover, John Cleese, Rosanna Arquette, Jeff Goldblum,…
Pris, 1985 / 2013

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s